Arquitetura como sinônimo de bem-estar:

Descubra como os imóveis da Agnes promovem mais saúde para o corpo e mente.


Texto produzido pela jornalista Thuana Raimondi

Quem nunca se sentiu mais relaxado após admirar uma bela paisagem? Neste mundo cada vez mais acelerado, tirar um tempo do seu dia para contemplar a natureza é fundamental no equilíbrio da saúde física e mental das pessoas, principalmente para aquelas que possuem uma rotina agitada ou que residem em centros urbanos.


Com o objetivo de promover uma experiência de habitação focada em consonância com a natureza, a Agnes, ao longo dos 16 anos de história, vem desenvolvendo empreendimentos imobiliários em Florianópolis que possuem espaços de vegetação, áreas de convívio e lazer em contato com a natureza, e áreas de preservação que, consequentemente, auxiliam na saúde e bem-estar.


De acordo com a Psicóloga Jéssica Leitempergher, “existem estudos científicos comprovando que o contato com a natureza tende a diminuir sintomas relacionados à ansiedade e ao estresse. A natureza acaba se tornando um espaço totalmente harmônico e diferente dos ambientes artificiais que costumamos estar, como por exemplo os escritórios ou em frente às telas de computador”.


À vista disso, os projetos arquitetônicos da Agnes levam em consideração princípios biofílicos, ou seja, conectam o ser humano à natureza. “Os nossos condomínios são construídos seguindo padrões de sustentabilidade, tecnologia, design e conforto, que se trabalhados em conjunto, geram menos impacto ambiental”, afirma Mayara Agnes, Diretora Executiva da Agnes Construção e Incorporação.


Oferecer a oportunidade para os clientes estarem próximos da natureza é algo latente dentro da Agnes. Como exemplo de arquitetura que possui elementos biofílicos, podemos citar o mais novo empreendimento da Agnes, o Gaivotas Golden Residence, que será inaugurado em abril de 2023. O projeto dispõe de áreas específicas que viabilizam a convivência das pessoas com o ecossistema, isto significa que as áreas de convívio e lazer têm interação com a natureza, além de uma área de preservação no térreo, e vista panorâmica para o mar a partir da piscina de borda infinita aquecida.


Segundo Fernando Almeida, Arquiteto e Urbanista e Mestre em Projeto e Tecnologia do Ambiente Construído | Pós-ARQ - UFSC, “o emprego de elementos naturais como a água, vegetação, luz natural, madeira e pedra, por exemplo, além de contribuir na reconstrução dessa plástica natural, proporcionam aos usuários do espaço habitado benefícios para além dos psicológicos e de saúde, melhores condições de conforto térmico, acústico e visual - quando desenvolvida em conjunto com os princípios da arquitetura bioclimática”.


1, 2, 3, respira: ambientes estruturados para relaxar corpo e mente


Com a finalidade de estimular a prática de exercícios físicos e também o momento relaxante para as pessoas, a Agnes construiu dentro do Gaivotas Golden Residence, uma piscina de borda infinita e uma academia individual e espaço funcional para treino ao ar livre.


Na piscina, além de ter uma vista panorâmica para o mar, os clientes da Agnes vão poder desfrutar de banhos com águas quentes, pois a mesma é equipada com um sistema de aquecimento de água, possibilitando ter banhos agradáveis durante o dia ou à noite, o ano inteiro, independente das estações. “O banho de água quente ajuda a relaxar e acalmar o corpo após uma atividade física e, também, auxilia para que não ocorra espasmos musculares. Já o banho de água fria, melhora a circulação sanguínea, ajuda no alívio de dores e auxilia na regeneração dos músculos”, afirma Andressa Ferreira da Silva, Educadora Física, Mestre em Educação Física e Doutoranda - UFSC.



Quanto a academia e o espaço funcional, ambos estão à disposição para a realização de exercícios físicos, onde os clientes da Agnes poderão ter uma rotina focada na qualidade de vida. Andressa, Educadora Física, ainda complementa que “a prática de atividades físicas regular auxilia na prevenção de doenças crônicas, como é o caso da diabetes, obesidade, hipertensão, e de doenças músculo esqueléticas e doenças articulares. Num contexto mais amplo, têm grande importância para a saúde mental, melhorando o quadro depressivo, aliviando sintomas de ansiedade e estresse”.


Referente a periodicidade de atividade física, o ideal seria realizar diariamente, porém, no ano de 2021, o Ministério da Saúde lançou o Guia de Atividade Física para a População Brasileira, onde estão esplanadas recomendações norteadoras conforme as faixas etárias.

127 visualizações0 comentário